Blog

Um Team Building é o mínimo que eles esperam

Um Team Building é o mínimo que eles esperam

O final do mês de agosto significa, para a maioria dos trabalhadores, o regresso ao trabalho. Acabaram-se os dias longos, as idas à praia e o descanso infinito, para serem substituídos pelas infinitas filas de trânsito, pela rotina e o stress do dia-a-dia.  

Apesar de estarmos perante uma transição natural e frequente na vida de um trabalhador, o processo nem sempre é fácil. No final das férias, começamos já a pensar nas mil e uma tarefas que temos para fazer assim que regressarmos à organização e a sofrer antecipadamente com o fim do descanso. Por vezes, estes pensamentos são acompanhados por picos de ansiedade, que provocam distúrbios no sono ou, até, depressões pós-férias.  

Neste sentido, as organizações têm um papel fundamental na suavização deste processo, garantindo que os trabalhadores retomem o ritmo e a produtividade, através de estratégias de bem-estar e de reintegração. 

Entre elas, estão os Team Buildings – a opção de eleição.  

Os Team Buildings são atividades estruturadas para “criar e desenvolver equipas de trabalho cada vez mais coesas e motivadas para os seus objetivos” (leia o artigo “Ainda vale a pena fazer um Team Building?”). O propósito final é, então, reforçar o espírito de grupo e desenvolver competências entre os colaboradores de uma organização.   

Estas atividades são muito mais do que uma ida aos karts ou um jogo de paintball com os colegas de trabalho. Sim, isso é divertido. Mas não é um Team Building. Dinâmicas de grupo, pensadas por especialistas na área, permitem desenhar um Team Building à medida de cada organização. Estas iniciativas procuram estabelecer entre os colaboradores, num ambiente informal, um momento de diversão e interação que se pretende que tenha um impacto impulsionador nas pessoas e na organização. 

Ainda não está convencido de que a sua empresa precisa de um Team Building? Então, apresentamos-lhe 5 motivos para investir neste tipo de iniciativas. 

1. Desenvolver o espírito de equipa 

A segmentação de uma empresa em diferentes departamentos origina a ideia de que cada função está isolada do funcionamento das restantes, o que provoca a individualização dos trabalhadores. Através de dinâmicas de grupo adaptadas ao contexto organizacional, torna-se mais fácil compreender que as diferentes fases de um exercício estão interligadas e dependem fortemente do sucesso das restantes. Esta consciencialização de que, para superarem o desafio, todos os participantes terão de ser bem-sucedidos ajuda a desenvolver um verdadeiro espírito de equipa.  

2. Promover a criatividade e a motivação 

No dia-a-dia, as rotinas de trabalho ajudam-nos a otimizar e automatizar processos. Contudo, esta forma de organização pode muitas vezes culminar numa sensação de saturação e bloqueio mental dos trabalhadores, quando lhes são exigidas novas soluções. Ao fazer um Team Building, a empresa concede uma quebra nesta rotina e dá-lhes espaço e tempo para descomprimir, fatores essenciais para desbloquear constrangimentos.  

3. Facilitar a resolução de conflitos interpessoais 

Os Team Buildings proporcionam um ambiente informal, em que os trabalhadores terão um espaço seguro para partilhar as suas ideias, dificuldades e objetivos. Neste tipo de eventos, a confraternização permite dar a conhecer as pessoas que estão por trás das funções que desempenham, a sua vida pessoal, os seus gostos e dificuldades, elevando a compreensão por parte do outro e, consequentemente, a minimização do impacto provocado por conflitos interpessoais. 

4. Aumento da produtividade 

Diretamente ligada à quebra da rotina, está o acréscimo de produtividade, que advém de uma força de trabalho regenerada e motivada, depois de um dia fora do escritório, em que a empresa proporcionou um espaço informal de troca de ideias.  

5. Reforçar a identidade de uma organização 

Uma organização não é mais do que a soma do esforço de todas as pessoas que trabalham para o seu sucesso. Este só será garantido se todos os intervenientes estiverem alinhados com aquele que é o objetivo. Esta é a ideologia que está subjacente a qualquer Team Building: um desafio que só será superado se os participantes trabalharem em equipa para alcançar o sucesso.  

É por estas e por outras razões que proporcionar aos seus colaboradores um Team Building é o mínimo que pode fazer por eles e pela sua organização no regresso ao trabalho após as férias. 

Já podemos começar a planear o Team Building da sua empresa? 

Peça já aqui a sua proposta. Desejamos-lhe um bom regresso ao trabalho! 

Partilhe este artigo

Artigos relacionados

Newsletter

A Método está comprometida com a implementação do RGPD. Para podermos tratar os seus dados pessoais, necessitamos do seu consentimento. Clique aqui para conhecer a nossa Política de Privacidade.